Call +001 555 801

Default welcome msg!

José Eduardo Rosa

José Eduardo Rosa

Filho de Raimundo Boaventura Rosa e Maria das Graças Rosa, ambos trabalhadores rurais no interior de Minas Gerais. Retirantes, vieram para São Paulo em 1968, ano significativo na História mundial e brasileira e de recrudescimento da Ditadura civil militar no Brasil. Aqui trabalharam como pedreiro e faxineira. José Eduardo Rosa iniciou sua vida militante no final dos anos 1980, após participar de uma greve de trabalhadores dos Correios, quando conheceu e ingressou na Convergência Socialista, corrente interna do Partido dos Trabalhadores (PT), em 1988, e participou do processo de construção do Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU). Atualmente encontra-se sem partido. Perseguido por suas atividades grevistas e posicionamento político, foi demitido por justa causa em 1991, sendo reintegrado após 12 anos. Ainda exerce atividades sindicais, na empresa, e políticas, fora dos partidos. Participou de alguns encontros de sindicalistas antirracistas dentro e fora da Central Única dos Trabalhadores e tem vida ativa no combate ao racismo antipreto existente no Brasil, focando seu trabalho nos “negros da classe trabalhadora”, conceito cunhado pela professora Iraci Lacerda. Oriundo de família humilde, por razões óbvias, não terminou os estudos no tempo regular, concluindo sua graduação em Licenciatura e Bacharelado em História aos 45 anos. Participou ativamente do movimento estudantil durante sua graduação. José Eduardo Rosa é graduado em Licenciatura e Bacharelado em História pelo Centro Universitário Fundação Santo André (CUFSA) e pós-graduando em História da Arte pelas Faculdades Integradas Coração de Jesus (FAINC) de Santo André.

1 Produto(s)

por página

1 Produto(s)

por página